Seguro para Riscos Cibernéticos



A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) já entrou em vigor e define regras para o uso, proteção e transferência de dados pessoais coletados pelas empresas. Para se adequar à nova lei, empresas e indústrias, públicas e privadas, precisarão deixar claro para os clientes como os seus dados pessoais serão coletados, de que forma e por quanto tempo serão armazenados.


Além disso, as empresas terão que pedir o consentimento do cliente para que ele permita, ou não, a coleta dos dados. As empresas que tiverem vazamento de informações podem levar advertências e multas de até R$50 milhões.


Quais empresas serão afetadas?


A LGPD vale para todas as empresas, de qualquer porte, que coletam e armazenam dados de clientes como CPF, RG, telefone e endereço, independente do segmento de atuação. O mercado está cada vez mais dependente da tecnologia, seja para realizar operações ou controlar os negócios.


As empresas que fazem esse armazenamento são responsáveis pela proteção e privacidade das informações dos clientes. Um eventual vazamento de informações, por invasão do sistema ou até mesmo através de funcionários desligados, pode comprometer a situação financeira da empresa. Qualquer companhia que colete informações, deve se adequar à LGPD.





O que preciso fazer para me adequar à lei?


As empresas precisam estar atentas ao processo de armazenamento de dados. É preciso identificar como é feita essa coleta de informações dos clientes, se os Termos de Uso e Termo de Confidencialidade estão atualizados e transparentes para os clientes, e se os dados estão seguros.


É importante identificar todos os funcionários que têm acesso a essas informações, e instrui-los sobre os procedimentos de segurança. Além disso, é essencial que a empresa saiba quais são os riscos de vazamento de dados e esteja preparada. Qualquer falha no sistema pode virar um enorme prejuízo financeiro.


Como posso me prevenir?


Para prevenir os riscos, a empresa deve controlar o processo de perto para evitar violações de dados pessoais. É recomendado que seja contratado um Seguro para Riscos Cibernéticos, que possui uma ampla cobertura para vazamento de dados, e contempla também o pagamento de multas. Com o seguro, a empresa fica coberta para os principais riscos de vazamento de informações, além de se proteger financeiramente.